i

Candidaturas abertas 2022/2023

Consulte a nossa oferta formativa e faça já a sua candidatura. Saiba mais

Intervenção à Pessoa em Situação Crítica

A enfermagem em Portugal tem percorrido um caminho de constante afirmação, na qual a sociedade reconhece e deposita enorme confiança. A realidade dos últimos anos tem evidenciado a enorme carência que existe na área de assistência à pessoa em situação critica, impulsionando as instituições hospitalares para uma procura constante e infrutífera de profissionais com formação nesta área especifica. Neste sentido, o desenvolvimento desta Pós-Graduação vai ao encontro de uma necessidade de mercado, diferenciando-se da oferta que existe pela forma como está organizada.
A metodologia teórico-prática permite aos estudantes adquirirem os conhecimentos necessários a uma intervenção especializada na abordagem ao doente critico e com recurso ao treino simulado, disponibilizar o saber teórico em consonância com uma dinâmica de equipa eficaz.
Os seminários integrados nas várias unidades curriculares conferem ainda uma relevância importante, pois todos os professores convidados exercem funções nas áreas do contexto a que estes se referem. Outro elemento diferenciador deste curso, reside no facto de existir um período de aprendizagem em contexto de trabalho, na qual os estudantes têm oportunidade de vivenciar in loco as competências adquiridas e, em alguns casos, utilizar este recurso como veículo de integração para novos locais de trabalho.
Este curso de Pós-Graduação destina-se a todos os enfermeiros que trabalham em contexto de urgência e emergência, cuidados intensivos, internamento ou regime de ambulatório.

  • Desenvolver competências no âmbito da abordagem à pessoa em situação critica.
  • Aprimorar a capacidade de análise, avaliação e monitorização da pessoa em falência multiorgânica;
  • Identificar precocemente sinais de deterioração clínica com vista à antecipação das intervenções mais adequadas;
  • Desenvolver competências na abordagem à vítima de trauma no ambiente pré e intra hospitalar;
  • Implementar os protocolos terapêuticos mais adequadas às disfunções dos vários aparelhos e/ou órgãos do organismo;
  • Adquirir competências no âmbito da pesquisa científica com vista a adequar a melhor evidência à prática clínica.

Unidades curriculares

Dimensão assistencial de emergência I (Suporte Básico de Vida (SBV) com Desfibrilhador Automático Externo (DAE) e Técnicas de trauma)

  • António Borges
  • António Crispim
  • Joaquim Clemente
  • Herminio Francisco
  • Vítor Camocho
  • Cármen Bastos

Dimensão assistencial de emergência II (Abordagem avançada à pessoa em situação crítica, estudos de casos clinicos e bancas práticas de Suporte Avançado de Vida)

  • António Borges
  • António Crispim
  • Joaquim Clemente
  • Vítor Camocho

Farmacologia e nutrição na pessoa em situação crítica (Farmacologia de intervenção intensiva, Intervenção na pessoa critica com dor e Necessidades nutricionais)

  • Rui Martins
  • Beatriz Valle
  • Márcio Nascimento
  • Paulo Reis Pina

Pessoa em situação crítica cardiorrespiratória (Monitorização cardíaca e hemodinâmica avançada, Ventilação mecânica invasiva e não invasiva, Intervenção à pessoa com ECMO)

  • Paulo Baltazar
  • João Lopes
  • José Viegas

Pessoa em situação crítica nefrológica (Lesão renal aguda, Rabdomiólise, Sépsis, Nefropatia de contraste, Hemodiálise e Técnicas dialíticas continuas)

  • António Sampaio Dias
  • Sara Pina
  • Sandra Martins
  • Paulo Baltazar

Pessoa em situação crítica por disfunção multiorgânica e traumática (doente politraumatizado, grande queimado, estado de coma e abordagem aos neurocríticos)

  • Cláudia Lampreia
  • Isidro Rodrigo Catarino
  • Silvia Vasconcelos
  • Patricia Melo
  • Marisa Santa Bárbara
  • Leocádio Alves

Pesquisa do cuidar na pessoa em situação crítica (Processo de investigação e revisões de literatura, Comunicação em saúde)

  • Sandra Queiroz
  • Tito Laneiro

Seminários temáticos

Resiliência em profissionais de saúde
Nutrição na pessoa em situação crítica
Intervenções no cuidar da Dor da pessoa em situação crítica
Cuidados paliativos na pessoa em situação crítica
Técnicas dialíticas contínuas
Intervenções de enfermagem em estomaterapia
Avaliação da pessoa em situação de coma
Monitorização e intervenções em neurocríticos
Técnicas de comunicação alternativa e aumentativa
A relação da família no cuidar do doente pediátrico em UCI
Ventilação mecânica invasiva e não invasiva
Monitorização e ritmos cardíacos
Monitorização hemodinâmica em cuidados intensivos
Auscultação pulmonar
Terapêutica postural e toilette brônquica

Componente prática

Aprendizagem em contexto de trabalho (Estágio de observação em Cuidados Intensivos e/ou Urgência – 180 horas)

4
4 de 5
6 classificações

Classificação detalhada

Estrelas 5
3
Estrelas 4
0
Estrelas 3
3
Estrelas 2
0
Estrelas 1
0

{{ review.user }}

{{ review.time }}
 

Mostrar mais
Por favor, iniciar sessão para deixar uma revisão
Próxima edição
14 Abril 2023
Duração
750 horas
ECTS
30
Quinzenalmente três vezes por semana
Condições de pagamento
Documentação necessária